Surto de covid-19 no Conceição acende alerta para outros hospitais em Porto Alegre
11/08/2021 08:24 em Saúde

Instituições anunciaram medidas mais duras para evitar a circulação do coronavírus e a permanência de restrições implementadas nos piores momentos da pandemia no Estado

O registro de um surto de coronavírus no Hospital Conceição, em Porto Alegre — que contabiliza três mortes e 59 infectados, entre pacientes e funcionários —, acendeu o sinal amarelo em outras casas de saúde da Capital, que anunciaram algumas medidas mais duras para evitar a circulação do vírus pelas instituições ou a permanência de restrições implementadas nos piores momentos da pandemia no Estado. Também há a possibilidade de determinação de medidas restritivas ao longo dos próximos dias.

A Santa Casa de Misericórdia é uma dessas instituições, tendo proibido, desde segunda-feira (9), as visitas aos internados. O próprio Conceição está com medidas restritivas desde a semana passada para tentar conter o surto, como a suspensão de visitas e de procedimentos não urgentes. A emergência só atende casos com risco de morte ou que chegarem via Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Confira como estão operando algumas das casas de saúde que são referência no atendimento a doentes de covid-19 em Porto Alegre: 

 

Santa Casa de Misericórdia

Em uma situação considerada estável, ou seja, sem a elevação no número de casos, a Santa Casa adotou, desde o fim da tarde de segunda, a proibição das visitas. A providência, que tem cunho preventivo, é válida por tempo indeterminado. Atendimentos e realização de exames seguem normalmente.

 

Hospital de Clínicas

O Hospital de Clínicas mantém suspensas as visitas às unidades de internação e a presença de acompanhantes é autorizada em algumas áreas, como pediatria e obstétrica, por exemplo. Além disso, a instituição mantém os protocolos rigorosos adotados desde o início da pandemia e realiza, diariamente, reuniões para avaliar e reavaliar os procedimentos. De acordo com a assessoria de imprensa da casa de saúde, os procedimentos eletivos estão sendo progressivamente retomados, com previsão de nova expansão da grade cirúrgica a partir do próximo dia 16. 

 

Hospital Moinhos de Vento

Sem registro de surto e com as internações estáveis, o Hospital Moinhos de Vento é outro que mantém, desde 2020, as mesmas restrições, como a de permitir apenas um acompanhante por paciente e uma visita por dia, previamente cadastrada pelo site da instituição. Outras medidas que seguem em operação são a lotação restrita dos elevadores, limite de colaboradores presentes nas áreas de uso comum e fluxo individualizado para indivíduos que apresentam sintomas gripais. Não há restrições nos atendimentos ou procedimentos eletivos. 

 

Hospital Mãe de Deus

O Mãe de Deus informa ter reforçado junto aos seus colaboradores os cuidados relacionados à prevenção da covid-19, mas não modificou seu fluxo de visitas e atendimentos. Não são permitidas as visitas em alas como CTI neonatal, maternidade, centro obstétrico, serviços cirúrgicos, sala de recuperação, serviços ambulatoriais, serviços de oncologia clínica e radioterapia. De acordo com a instituição, apesar de haver poucos casos de covid-19 no hospital, no momento, há uma alta circulação de vários vírus no inverno na cidade e, por isso, as medidas não foram flexibilizadas desde fevereiro deste ano. A emergência está aberta normalmente, atendendo com fluxo separado para casos de síndromes gripais.

Hospital São Lucas da PUCRS

Consultada pela reportagem, a equipe de comunicação do Hospital São Lucas informou que a direção da instituição está tendo reuniões e deliberando sobre medidas a serem tomadas a partir do cenário que se apresenta na cidade. Mais informações devem ser divulgadas ao longo da semana.

Foto: Jefferson Botega

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!