Bolsonaro e Tarcísio apelam a caminhoneiros contra paralisação
09/09/2021 08:15 em Segurança

Presidente enviou áudio a motoristas dizendo que bloqueios prejudicam a economia e os mais pobres

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) gravou um áudio pedindo que os caminhoneiros que fazem manifestações nesta 4ª feira (8.set.2021) liberem as estradas. Ele diz que os bloqueios “atrapalham a economia” e teve o apelo reforçado pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

“Fala aí para os caminhoneiros que são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham nossa economia. Isso provoca desabastecimento, inflação. Prejudica todo mundo, em especial os mais pobres”, diz Bolsonaro, no áudio que circula nos grupos dos caminhoneiros no WhatsApp e teria sido enviado pelo presidente a um dos líderes da categoria.

O presidente pede para eles liberarem as estradas para “seguir a normalidade” e diz que fará a sua parte para buscar uma solução para as questões que levaram os caminhoneiros às paradas.

Os motoristas que participam das manifestações mostram apoio ao governo e pedem, entre outras coisas, a destituição dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). Líderes de caminhoneiros autônomos que não participam dos protestos dizem que os bloqueios foram convocados pelo agronegócio.

“Deixa com a gente aqui em Brasília. Não é fácil negociar, conversar por aqui com outras autoridades, mas a gente vai fazer nossa parte, vai buscar uma solução para isso”, afirma Bolsonaro, na mensagem.

Escute o áudio do presidente:

 https://youtu.be/38jiprcShBI

Mais cedo, Bolsonaro também apelou que os caminhoneiros “não parem o Brasil” ao falar com apoiadores na porta do Palácio da Alvorada. “Sei do poder que eles têm, reconheço o trabalho que fazem, mas acredito que a paralisação não interessa para nenhum de nós”, disse o presidente.

No fim da noite desta 4ª feira (8.set), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, enviou um vídeo aos caminhoneiros confirmando a autenticidade do áudio de Bolsonaro e reforçando o apelo pela liberação das estradas. O Ministério da Infraestrutura registrou pontos de manifestações em rodovias federais de 16 Estados brasileiros às 22h30.

“O áudio é real, é de hoje e mostra a preocupação do presidente com a paralisação dos caminhoneiros. Essa paralisação ia agravar efeitos da economia de inflação que ia impactar os mais pobres, os mais vulneráveis”, afirma Tarcísio, no vídeo.

O ministro pede que os caminhoneiros “escutem atentamente as palavras do presidente” e tenham “serenidade para pavimentar um futuro melhor”. Tarcísio diz que a solução virá através do diálogo das autoridades.

“A gente sabe que há uma preocupação de todos com a melhoria da situação do país e com a resolução de problemas graves, mas a gente não pode tentar resolver um problema criando outro e principalmente prejudicando os mais vulneráveis. […] Vamos confiar nesta condução, no diálogo e vamos em frente”, diz o ministro.

Em nota, o Ministério da Infraestrutura disse que Tarcísio de Freitas gravou o vídeo a pedido dos caminhoneiros “como forma de atestar a validade da fala do presidente direcionada à categoria”. O vídeo não foi publicado em nenhuma rede institucional do ministério.

Foto:Sérgio Lima  

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!